São Tomé (MPFEA) – O ministro do Planeamento, Finanças e Economia (MPFEA) Azul, Osvaldo Tavares Vaz, considerou de positivo o exercício realizado nas últimas duas semanas, com visitas as câmaras distritais.

A constatação foi feita esta sexta-feira (26) no final do ciclo de visitas as câmaras distritais, em São Tomé, iniciada na semana finda, quinta-feira (18) no extremo sul (Caué e Cantagalo) e terminada hoje, com deslocação ao centro do país (Mé-Zóchi e Água-Grande), com passagem, na quarta-feira (24) por autarquias de Lembá e Lobata.

“Aqui em São Tomé as visitas correram tudo bem, auscultamos as câmaras, demos as nossas opiniões e ouvimos as opiniões das autarquias, e em conjunto concluímos que iremos fazer um bom trabalho para o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe”, referiu o ministro.

Osvaldo Vaz aproveitou para relembrar aos poderes locais que os recursos são escassos, e que será preciso o uso racional dos mesmos para que todos possam beneficiar destes recursos.

“Os recursos são escassos e as necessidades são ilimitadas, mas com esses recursos escassos, tudo faremos para racionalizar o seu bom uso, como forma de todos os sectores beneficiarem deste pouco”.

Quanto a visita à Região Autónoma do Príncipe, o titular da pasta das finanças reforçou que a mesma será realizada brevemente, mas nesta altura é o momento de estarmos unidos e solidários com o povo do Príncipe, porque o que aconteceu afecta-nos a todos, solidarizou Osvaldo, deixando a mensagem de força e coragem ao presidente do Governo Regional e todo habitante da ilha.

MPFEA

São Tomé (MPFEA) - Com o objectivo de inteirar-se sobre o funcionamento do poder local, o ministro do Planeamento, Finanças e Economia (MPFEA) Azul, Osvaldo Tavares Vaz, iniciou esta quinta-feira, o ciclo de visitas às câmaras distritais, com deslocação às autarquias do sul do país, Caué e Cantagalo.

No âmbito das suas competências, que passa por assegurar a relação institucional do Governo com as Câmaras Distritais, o ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Tavares Vaz, promoveu na manhã desta quinta- feira uma visita às autarquias de Caué e de Cantagalo, encontrando com os respectivos presidentes, Firmino Raposo e Aleixo Pires.

Osvaldo Vaz que fez-se acompanhar do director da Descentralização,Elísio Camblé, aproveitou o encontro para felicitar os líderes locais pelo trabalho que têm desenvolvido, embora sem o orçamento, fazendo entender mais uma vez que o país tem dificuldades infindas, mas que mesmo assim, têm que trabalhar em prol do povo.

“Fizemos entender as câmaras que o país tem dificuldades imensas. As necessidades são ilimitadas os recursos são escassos, mas neste conjunto, tudo faremos para que mesmo com estes poucos, possamos distribuir para todos”, ressaltou o ministro.

Osvaldo Vaz aproveitou ainda para aconselhar os líderes para que haja uma disciplina nas despesas.

“Aproveitamos para aconselhar as câmaras para que haja uma disciplina nas despesas, bem como, dentro das suas possibilidades arrecadar receitas que não choquem com a arrecadação que é feita ao nível nacional, em sintonia com Direcção dos Impostos”.

Osvaldo finalizou, mostrando a total disponibilidade do ministério que tutela, em ser um interlocutor junto aos outros ministérios sobre as necessidades das câmaras.

O ciclo das visitas continua na próxima semana, com deslocação ao norte e o centro do país e a Região Autónoma do Príncipe.

MPFEA

São Tomé (MPFEA) -O Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, rubricou no início da semana, em Washington, EUA, um acordo de financiamento com o Banco Mundial, BM, para a primeira fase de reabilitação da estrada nº1, troço que liga extremo norte ao centro do país.

O acordo que será em forma de donativo, está fixado em 29 milhões de dólares norte-Americanos.

Recorde-se que a reabilitação desta estrada é uma das grandes prioridades do XVII Governo Constitucional, liderado por Drº Jorge Bom Jesus.

MPFEA

São Tomé (MPFEA) - O Governo empossou hoje a Comissão encarregue de preparar e executar a realização do 14º Encontro Empresarial para a Cooperação Económica entre China e os Países de Língua Portuguesa, a decorrer entre oito e nove de Julho, capital santomense.  

Em função do compromisso assumido durante a última reunião dos Organismos de Promoção Comercial/Câmaras de Comercio, em 20 de Junho do ano findo em Lisboa, de organizar o próximo Encontro de Empresários da China e dos Países de Língua Portuguesa-CPLP, foi empossada, na manhã de hoje, pelo Ministro da Defesa e Ordem Interna, Óscar de Sousa, em representação do Primeiro-ministro, a Comissão Operacional responsável para preparar o evento, dar apoio técnico, tratar de logística, da organização protocolar, da segurança e dos aspectos financeiros, cabendo-lhes ainda definir as linhas orientadoras da estrutura organizativa.

O evento que terá lugar entre oito e nove de Julho próximo é visto pelas autoridades nacionais, como uma oportunidade para a promoção e reforço das relações económicas, parcerias, negócios, investimentos, debate de estratégias de cooperação e dinamização do relacionamento dos organismos de promoção do comércio e investimento dos respectivos países.

O ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, que vai presidir a supracitada comissão, que será coordenada por Agência de Promoção do Comércio e Investimento,APCI, considerou de extrema importância a realização deste encontro no arquipélago para o crescimento económico, que deve ser liderado por sector privado. 

Pretendemos receber entre 200 e 300 empresários de vários sectores, para conhecerem a nossa realidade e poderem investir em São Tomé e Príncipe, por isso esta comissão terá uma forte representação do sector privado, no sentido de nós neste processo conseguimos uma atenção especial para o nosso país, para o desenvolvimento económico”, acrescentou o ministro.

Farão parte da referida comissão, que cessará as funções com o término do evento, o Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, e a Ministra do Turismo, Cultura, Comércio e Industria, Maria da Graça Lavres, como presidente e vice-presidente, respectivamente; Director da APCI, como coordenador; Director Geral do Turismo e Hotelaria; Director do Orçamento; Comando Geral da Policia Nacional; Director do Protocolo; Representante dos Serviços de Migração e Fronteiras; Câmara de Comercio, Industria, Agricultura e Serviços; Associação das Mulheres Empresarias; Associação dos Jovens Empresarias; e Sector Privado.

 MPFEA

Economia Azul pode representar uma oportunidade para o desenvolvimento de STP”-Osvaldo Vaz

São Tomé (MPFEA) - O Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, salientou na abertura do Workshop Regional de Apoio ao Desenvolvimento da Estratégia de Transição para a Economia Azul, que a Economia Azul poderá representar uma oportunidade viável para o desenvolvimento do arquipélago.

“Acreditamos que a transição do país para a Economia Azul represente, de facto, uma oportunidade viável e fiável, que estava escondida e aos nossos pés, para o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe”.

“Já algum tempo a esta parte, que os diferentes actores políticos do país, juntamente com os operadores económicos, olhavam para a Economia Azul como uma realidade e possibilidade económica que pode, de facto, potencializar o desenvolvimento de São Tomé e Príncipe, aproveitando os vastos recursos existentes, quer em termos marinhos, como marítimos, associados à dimensão e à localização geográfica de São Tomé e Príncipe. Esta decorrência, tem em conta aos bons resultados já demonstrados e conseguidos por outros países, não apenas insulares”- acrescentou Osvaldo Vaz.

O evento que teve lugar nos dias 12 (Santo António) e 15 (São Tomé), com o propósito de recolher o subsídio para o Desenvolvimento da Estratégico de Transição para a Economia Azul, foi organizado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e Governo.

MPFE

São Tomé (MPFEA) – O Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo dos Santos Vaz, reagiu esta segunda-feira, em nota informativa, a tentativa de burla por parte de pessoas de má índole, criando um perfil falso na rede social (facebook) em seu nome, usando, inclusive para o efeito, a sua fotografia.

MPFEA

São Tomé (MPFEA) – O Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo dos Santos Vaz, assinou na última sexta-feira o acordo com o Banco Africano de Desenvolvimento, BAD, no valor de USD 2.000.000,00 [Dois Milhões de Dólares] (donativo) para estudo do Porto Acostável em Ana Chaves.

A infra-estrutura será financiada pelo BAD.

MPFEA

“Os Indicadores macroeconómicos do país estão mal”- Osvaldo Vaz

São Tomé (MPFEA) - O Ministro do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, disse nesta semana, na localidade de Agostinho Neto, em Lobata, no Orçamento Participativo, que os Indicadores macroeconómicos do país estão mal.

“Os indicadores macroeconómicos do país estão mal. A nossa taxa de inflação está agora a 9%, às nossas reservas internacionais liquidas, que no mínimo deveria cobrir três meses de importação, estão um mês e sete dias; e as nossas receitas correntes não suportam os custos com o salário, quando isso acontece, os sectores autónomos como as câmaras não conseguem receber valores que solicitam”.

Osvaldo Vaz recordou que a taxa de desemprego no país é elevada, por isso o XVII Governo Constitucional elegeu como um dos grandes pilares da sua governação, a criação de emprego acelerado e crescimento económico, referiu-o.

MPFEA

São Tomé (MPFEA) - A chefe da delegação do Banco Africano para Desenvolvimento, Soraya Mellali, que se encontra no país para uma missão de três dias, admitiu nesta quarta-feira, 13, a possibilidade da instituição financeira financiar o sector privado santomense, após o encontro com o Primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, mais os ministros do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Osvaldo Vaz, e da Presidência do Conselho de Ministro e dos Assuntos Parlamentares, Wando Castro.

 “Discutimos sobre as opções possíveis para que o Banco Africano possa financiar através dos Bancos Comerciais, as pequenas empresas privadas. Depois da nossa missão. Uma vez que somos membros do conselho de administração, o management do BAD deverá retomar as conversações com as autoridades santomenses, para decidir sobre que opções possíveis serão adoptadas”.

A mesma explicou ainda que “vamos fazer investimentos transformadores, por exemplo, o projecto hidroeléctrico que terá impacto positivo para a agricultura e para o turismo, e no acesso a electricidade pela população. Também a melhoria da gestão das finanças públicas, vai ter impacto no quotidiano das populações de São Tomé e Príncipe. São dois exemplos de projectos em que poderemos intervir”.

Para finalizar, a dirigente sublinhou que o Banco irá ajudar o arquipélago a se transformar num país com um crescimento durável que garanta o emprego.

A missão continua nesta quinta e sexta (último dia), com visitas as centrais da EMAE, empresa AGRIPALMA, mercado de Bobô-forro, e estradas rurais reabilitadas pelo PRIASA.

 MPFEA

Pág. 2 de 6

Anuncios

Calendário

« October 2021 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

NOSSA LOCALIZAÇÃO

Ministério do Planeamento, Finanças e Economia Azul, Largo das Alfândegas
Água Grande, São Tomé
Caixa Postal nº 168
São Tomé e Príncipe

Nossa Localização

 

FALE CONNOSCO

Par qualquer informação ou solicitação dos nossos serviços.

Fale connosco aqui

Liga-nos +239 2221083 / 2224172 

Email: mfcea@financas.gov.st